quinta-feira, abril 26, 2007

A Bela e o Mestre?! Por favor...Mirandense?!

As tradições portuguesas mereceram destaque na mansão do programa da TVI, A Bela e o Mestre. O programa, diz-se por aí, pretende cultivar as mentes de certas meninas com uma beleza angelical, mas com o cérebro do tamanho de um rato, e talvez ainda menos inteligentes do que estes. Para isso, estas raparigas foram colocadas a viver numa mansão ao lado de verdadeiros mestres. A maioria, estudantes universitários com um Q.I, supostamente, um pouco acima da média e, verdade seja dita, a beldade não é característica destes rapazes.
Tendo em conta a falta de inteligência, desculpem a ignorância das belas, a organização do concurso, a endemol, pediu aos seus concorrentes que representassem e aprendessem quais as tradições, nomeadamente o folclore, de cada região do país. Uma das escolhas recaiu sobre Miranda do Douro e os Pauliteiros de Miranda, o que muito nos aprás. Mas é uma escolha mais do que óbvia, pois Miranda e os pauliteiros, além de símbolo regional são também um símbolo nacional. Pena é que a jovem bela escolhida para descrever a nossa cidade e o nosso folclore mal saiba ler... Tivemos azar! Calhou-nos uma morena com madeixas loiras que apenas conseguiu gaguejar umas palavras com aquele sotaquesinho portuense e um mestre que dança lhaços sem paus, como se dança-se o fandango.
Assim, na sua vez, os concorrentes, Telma e Nuno Gonçalves, falaram sobre Miranda do Douro, começando a bela por afimar: "É um distrito de Bragança. A dança típica é a dos pauliteiros...Em Miranda do Douro domina-se o Mirandês e o Mirandense". Onde pára o Q.I. do mestre que ensina estas coisas?!
Mas aprendi ainda que em Miranda se fazem fofogueiiiiras nas ruas (Mirandeses=incendiários?!) e os rapazes vão buscar pla...pla...uhm...plaplantas para as fofogueiras?! Não é madeira, são plantas! Por isso, na próxima Fogueira do Galo, respeitando esta bela loira tradição, sugiro que a malta utilize rosas, cravos e malmequeres para adorar o menino, bem como se vá duzentas vezes à lenha para se conseguir incendiar todas as ruas da cidade. Talvez possamos utilizar gasolina, julgo que é mais fácil! Dadas estas inovações, a fogueira receberá o nome de "Fogueira d la Burra d la Galhina", isto escrito obviamente, em Mirandense. Pois nós dominá-mo-lo!
E viva o serviço público de televisão!

Aqui fica um pouco dos vídeos da burrice. Clica, vais-te rir:
P.S:Deixo-vos com uma músiquinha à altura das concorrentes deste programinha. Peço desculpa por ser pimba outra vez, mas até tem a sua piada. Loiras ao poder,oiçam a Erika!

7 comentários:

Anónimo disse...

E assim vai a educação em portugal!

Anónimo disse...

tas ka c/ uma boneka!

Tiêgi disse...

Pues yê, assi bai cum dizes tu ! Anté nin sabie al que se tenie passado nal die 25 d'Abril ! Essa rapaza puôde ser buôna (dixe puôde)...mas nun bal un cuôrno ! E los tales mestres, nin antelgientes son i para cuantas mas guapos anton yê que yê !

Mas si mostra al que se sta passando...onte digo assi para un que bibe cumigo (eran las seis de la tarde, i alhebanta-se el) :"Deo Capitães d'Abril na RTP1 " i el que me responde "Ha sim ja sei é aquela cena com un gajo de se chama Maia, é ?"....

Huy cum se ponan diç un de Cicuiro ! You panssaba qu'eiqui la giente ponien un crabo ne la camisa...pues era you onte al unico cum essa frolica an tode l Porto ! I p'ra mas trazie you un gorro basco cum la bandeira de la bila de Miranda alha i uas fitas brancas, burmeilhas i amareilhas.

Anton dessa maneira yâ sei purque l'outro nabo se tornou melhor pertues de nunca...Los jobes deiqui (no bos que sei cum sodes !) cuando biren aquele angurbatado cun gafas i todo pus botarien-se a dezir que serie un cromo de los tiempos perdidos i anton botoran pra el !!!

Ya tamien poderie cuntinaur a falar de los praç ne las ounibersidades i de las simbolicas dictatoriales i faxistas qu'isso tan...mas so deixo eiqui un quementario....mas nada, se no inda me pongo a screbir eiqui un lhibro !!!

A ber se bos beio ne la feira de San Marcos...Ya que ne la telbison nun bos bou ha perder !
Son de la mie Tierra bou you ha dezir pra estes !

Un Cicuirano.

Anónimo disse...

isto mirandes ou e espanhol???

digam-me!!! se nao se importam...

Tiêgi disse...

Pues yê mirandês ! Mas dal que tu falase ? Dal que you screbie eiqui o de la mie pagena ne la Anternete ?

Yê que nun cuncordo cun la maneira de screbir al mirandês, yê al miu dereito, i tode sta splicado ne la pagena essa (nun tal bou ha splicar eiqui).
Mas ya que sodes muitos (i melhor) ha screbir al mirandês dessa maneira pues daprendie tamien ha screbir assi !
Mas ne la mie pagena scribo cum you l'antendo !
P'ra mie la nuôssa lhiengua tenarie que se screbir de la mesma forma qu'al Sturiano, p'ra respeitar leitimologie i la cuntinuidade lhienguistica.

Agora, se nal que you te screbie mas arriba, se talbeç notas alguas formas castelhanas pues yê normal purque sou raiano i de tal maneira falo atrabesado !

Agora nun yê eiqui al sitio p'ra descutir disso de tal maneira que me puôdes cuntactar nesse correil :
elf_vlf@hotmail.com

Anónimo disse...

a essa bela era meter lhe um pau na boca para que nao saissem baboseiras nem merda! vergonha!

Nuno Gonçalves disse...

Boa noite,
Nem tudo é o que parece!
Sou o dito Nuno Gonçalves, aquele que se fosse realmente inteligente não teria ido para um programa daqueles, como muitos dizem! lol

Bem, começo por dizer que quando era bastante novo(-10 anos) passei algumas (poucas) semanas em Miranda e que a isso se limita o meu conhecimento da cidade.

Quanto aquilo que indignou o Sr. ao ver no programa, aquilo foi somente a telma a "gaguejar" o resumo ditado por mim de um texto que a produção nos entregou mais uma dança aparvalhada que cumpria bem os objectivos do programa, i.e., obter o maximo de audiencias:).
Não era um programa de cultura ou informação, era de entretenimento. E por acaso dos que entretiam realmente quem os via.

Assim peço sinceramente desculpa pela falta de rigor...mas foi o possivel considerando os constrangimentos.

Cumprimentos,
Nuno Gonçalves
njpg@alunos.deec.uc.pt