segunda-feira, junho 11, 2007

Governo deixa Bombeiros de Miranda a arder!

Não há mais dinheiro para obras nos quarteis dos bombeiros de Bragança e Miranda do Douro. O Secretário de Estado da Protecção Civil diz que o governo não pode andar constantemente a distribuir dinheiro para intervenções em edifícios recentes que foram mal concebidos. Ascenso Simões há cerca de um ano atrás comprometeu-se mesmo em ajudar os bombeiros de Bragança. O Secretário de Estado refere agora que a corporação da capital de distrito já teve um financiamento no âmbito de uma TNS em 2004 e que não pode andar sempre a pedir.
Quanto a Miranda do Douro sublinha que não estão disponíveis para gastar fundos a reparar erros de concepção do edifício dos bombeiros. Recorde-se que as duas corporações em causa têm referido que os respectivos edifícios sede apresentam lacunas graves e têm por isso reclamado apoios para a reabilitação desses espaços. Sabe-se agora que não há disponibilidade do governo para esses financiamentos.
E assim vai este Portugal dos Pequeninos... Ascenso tem vergonha!
Este Secretário de Estado está à espera que aconteça com o quartel dos Bombeiros, o mesmo que aconteceu com o museu de Miranda. Primeiro, deixa-se cair tudo aos bocados, faz-se uma pequena intervenção para reparar, marca-se uma intervenção de fundo para o futuro, e em vez de se fazer uma obra competente, fazem-se duas, a primeira da incompetência, a segunda para assumirem mesmo que erraram. Parabéns pela incompetência.
Esta obra é necessária para segurança dos nossos bombeiros, para segurança de todos os mirandeses.
Fonte: RBA
Agarra-me estes Palos,
contra mais esta injustiça!

9 comentários:

Anónimo disse...

Somos sempre os mesmos renegados!
há dinheiro para tudo. quando é para miranda esquece.
isto já enerva qualquer um. nunca mais haviamos de votar.

Anónimo disse...

pois é! nao ha dinheiro para restaurar os quarteis dos bombeiros, mas certamente que nao falta dinheiro para os bons salários e reformas chorudas dos politicos incompetentes que nos governam!

Anónimo disse...

O pior.. é que para fazer obras em lisboa e porto que gastam mundo e fundos e que tem derrapagens de milhões de euros há dinheiro. O resto é paisagem.
Vejam obras como a casa da musica ou o túnel do marquês, o metr do porto, simplesmente vergonhas.
Não me digam que não há dinheiro para obras num pequeno quartel.

Tiêgi disse...

Pois dei-me conta de isso quando cheguei em Portugal...vie que o pais é apenas Lisboa e Porto, depois mais nada.

Fiquei admirado com o trabalho efectuado com o "metro" do Porto, isto costou muito dinheiro tanto que em final o preço dos transportes no Porto fiquem a ser muito mais caros que em França, na cidade de Bordeus de onde venho.
Claro em França os salarios são mais elevados, não a um problema ai, né ????

Mas não um obreiro que possa fazer isso ? Esta muita estragada a caserna ? Nao sei, porque não vie.

Temos de voltar a uma sociedade communitaria como antigamente, como ainda se fazia a pouco tempo em Rio d'Onor. Temos de voltar a isso se queremos ir para algum sitio...O seja :

Anton cun ca-ra-lho ! Tierras de Miranda ANDEPENDIENTES !!!!

Anónimo disse...

Bem, neste país ja sabem como é... casa roubada, trancas à porta!!
Caso acoteça algo (espero bem que não!), vêm eles de Lisboa, de elicopetro, a dar as medalhas e as condolencias.
Se não formos nós a fazer algo por nós próprios, estamos lixados... eles estão a deixar-nos ao monte...

Tiêgi disse...

Quanto é que seria necesario para amanhar os quarteis ? 1000, 2000, 3000 Euros...

O preço de um ecrã plasma que sera utilisado no futuro aeroporto de Lisboa tera um preço de 1000 E, uma porta simples de metro costa 10000 E.
E então não podem gastar 2000 E para nos ?

Anónimo disse...

O mal é k ainda é muito dinheiro o que se precisa pa arranjar o quartel. Aquilo ta tudo a cair aos bocados!
Se fosse preciso pouco não custava nada fazer umas campanhas de solidariedade para ajudar os bombeiros!Mas neste caso não é fácil!

Anónimo disse...

http://visao.clix.pt/default.asp?CpContentId=333694

Tiêgi disse...

Pxiu inda bien ! Staba ha pensar que tod'staba partido alha riba ;-)