terça-feira, setembro 04, 2007

Alerta Vermelho: Monumentos desmoronam-se!

Castelo, Muralhas, Sé Catedral, Museu, Aqueduto. Estes são os nomes pelos quais são conhecidos os mais "esquecidos" monumentos da cidade de Miranda. Vetados ao abandono por Lisboa, arrastam-se pelos caminhos da degração e do esquecimento. E com eles se apagam marcas da nossa cultura, da nossa história, das nossas gentes. Com eles se apagam estórias de portugal.

Cada dia que passa cai mais uma pedra do castelo de Miranda do Douro. A Cãmara municipal teve já que tomar algumas medidas para evitar acidentes, tal como vedar a entrada do castelo. Entretanto, a autarquia aguarda pela assinatura de um protocolo para consolidar os panos do castelo de Miranda, no entanto só será assinado caso o Ministério da Cultura encontre mecenas para realizar essa reparação. Enquanto isso o castelo e as Muralhas de Miranda do Douro continuam a degradar-se todos os dias. Por favor salvem o castelo!

Na Sé Catedral o Instituto Português do Património Arquitectónico (IPPAR) iniciará obras de requalificação do exterior no valor de 32 mil euros. Obras que a autarquia classificou já como “insignificantes”, visto que em várias zonas do interior a degradação é notória. Por favor salvem a sé!

O Museu das Terras de Miranda depois das derrocadas sofreu uma pequena intervenção, mas a tão prometida e parece que esquecida futura intervenção de fundo não dá mais sinais de avançar. Por favor salvem o Museu!
Por fim, o Aqueduto. O monumento mais esquecido de Terras de Miranda. Sucessivas juntas de freguesia, sucessivas câmaras, sucessivos governos. Todos eles se esqueceram de um dos mais importantes monumentos do género no norte do país. Esquecido, escondido, destruído pelos próprios mirandeses e não só o Aqueduto espera pelo seu D. Sebastião. Por favor salvem o Aqueduto!

O presidente da Câmara Municipal, Manuel Rodrigo revelou em entrevista à RBA que aguarda a visita da ministra da cultura para a alertar para os problemas que estão a degradar o património da catedral, bem como apresentar o problema do lento desmoronamento do castelo.
Sr. Presidente da Cãmara não se esqueça, de igual modo, da situação do museu e arranje-se finalmente uma alternativa para o futuro da zona onde se encontra enquadrado o Aqueduto mais esquecido de todo o território lusitano.
Agarra-me estes Palos!
Monumentos mirandeses
vetados ao esquecimento!
NÃO!

7 comentários:

Anónimo disse...

Já deviam ter sido feitas à muito!!!
aquilo que deviam ter sido obras e manutenção à muito tempo, são hoje obras de "reparação" urgentes... o mal já está feito...!!!!
Só gostava de saber donde anda o raio do IPAR (,e para que serve afinal???!!!)!!!!

Anónimo disse...

cuidado com os plagios...isso é mt feio... e crime!

pauliteiros de Miranda do Douro disse...

Não existe aqui qualquer plágio.
Mas mesmo assim as fontes da notícia estão agora à vista de todos.

Saudações mirandesas.
Agarra-me estes Palos!

Anónimo disse...

Castelo de Miranda do Douro a desmoronar-se
Escrito por Brigantia
Segunda, 03 Setembro 2007

Cada dia que passa cai mais uma pedra do castelo de Miranda do Douro. Esta é uma situação que preocupa a autarquia local que já teve que tomar algumas medidas para evitar acidentes. “Estamos em constante contacto com o IPAR porque sabemos que todos os dias caem pedras, já vedamos a entrada do castelo, neste momento fizemos o que é possível e esperamos por novidades da parte da ministra da Cultura”, disse o presidente da Câmara, Manuel Rodrigo.

O edil acrescenta que aguarda pela assinatura de um protocolo para consolidar os panos do castelo de Miranda, no entanto só será assinado caso o Ministério da Cultura encontre mecenas para realizar essa reparação. “É pena que seja necessário que haja mecenas para recuperar este património, a cultura neste país tem de ser encarada com outros olhos, tem de ser uma prioridade, património como este não se pode deixar cair e depois recuperar porque quando estes panos do castelo caírem não há recuperação possível”, sublinha.

Enquanto isso o castelo de Miranda do Douro continua a degradar-se todos os dias

pauliteiros de Miranda do Douro disse...

Muito bem.A qui está a resposta:

Fontes: RBA, Brigantia

Espero que assim o assunto fique esclarecido e que se debata sobre um assunto que é demasiado urgente resolver. Da nossa parte com os alertas feitos bo blog, ao longo do tempo, apenas tentamos contrinuir para a divulgação do que vai bem ou mal em terras de Miranda.

Para todos os nossos leitores um desejo de um bom regresso ao trabalho. Continuem na companhia do Agarra-me estes palos!

Saudações Mirandesas!

Canecho disse...

plagio??? isto é só divulgação pois cada um deve queixar-se de onde lhe doi...

estes casos de degradação dos monumentos nas terras de Miranda e a indignante apatia dos respectivos meios governamentais para não fazerem nada é o que nos deve fazer actuar desta forma. vergonhosa a nossa divulgação desta noticia pois devia ser MONUMENTOS DAS TERRAS DE MIRANDA EM ÓPTIMO ESTADO, APÓS manutenção AO LONGO DOS ANOS...

aqui fica o aviso para todos os mirandeses, e para as entidades que deixaram que esta situação chega-se a este ponto.

Saudações Mirandesas

Anónimo disse...

..."apagam est�rias de portugal"!?, APAGA-SE � A HIST�RIA DE UM POVO!!!

Manel mirand�s