terça-feira, abril 01, 2008

Língua mirandesa ganha Instituto.

À semelhança do Instituto Camões que defende e divulga a língua portuguesa, o governo decidiu criar o Instituto da Língua Mirandesa, que terá a designação de Instituto José Leite de Vasconcelos, em homenagem ao filólogo, arqueólogo e etnógrafo português que em 1882, decidiu começar a escrever e investigar a língua mirandesa.
O instituto ficará sob a superintendência do Ministério dos Negócios Estrangeiros que assegurará a orientação, coordenação e execução da política cultural externa de Terras de Miranda, nomeadamente da difusão da língua mirandesa, em coordenação com outras instâncias competentes do Estado, em especial os Ministérios da Educação e da Cultura.
Este instituto será assim, uma forma de ensinar a nossa língua e a nossa cultura não só nas Terras de Miranda, como será também uma forma de internacionalizar a nossa língua. A princípio apenas serão abertas delegações deste instituto em França e no Canadá. Mas estão previstas a abertura de novas delegações na América do Sul (Brasil), Espanha, e Austrália. Este projecto tem como público-alvo principalmente, as comunidades de emigrantes portugueses. Estima-se, assim, que em 2015 cerca de 12.000 pessoas possam vir a ter um contacto facilitado com a nossa língua em todo o mundo.
Agarra-me estes Palos,
pela Língua Mirandesa!

3 comentários:

Anónimo disse...

grande post para o dia das mentiras... conseguiste enganar qualquer um... vá lá que eu ainda descobri ao fim da noite :) Saudações Mirandesas.. Carrega em Aveiro :) Edgar Preto

Boieiro disse...

Pus se stás an Abeiro tamien quiero "uobos" doçicos.
Béngan caixicas deilhes i puode ser daqueilha doçaria al pie de la Puonte Praça.

Tiégui disse...

Cralho ! Agora si fudiste-se you anté pensei qu'éra berdade !